Na tarde desta quarta-feira (25), dirigentes das entidades que integram o Fórum Nacional Permanente das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) participaram de reunião virtual para discutir as investidas do governo contra as prerrogativas dos funcionários públicos. Entre elas, destaca-se a proposta de emenda constitucional intitulada "PEC do Orçamento de guerra", que prevê a redução em até 30% da remuneração dos servidores da união, dos estados e dos municípios, que recebem acima de R$ 10 mil.

Na discussão, os diretores levantaram estratégias e discutiram ações. O presidente da ANPM, Cristiano Reis Giuliani, enfatizou a importância de o Fonacate explicar à sociedade as funções das carreiras de Estado. Ele ainda reforçou a relevância do trabalho interno das associações que compõem o Fórum com seus integrantes. "O governo está agora usando a situação de pandemia como mote para ampliar os ataques aos direitos dos servidores públicos", afirmou Cristiano.     

Mais de 40 pessoas fizeram parte da reunião remota. A diretora de Relações Institucionais da ANPM, Dayse Alencar, também esteve presente. 

Compartilhe:

• Categorias

Vantagens de ser associado

A ANPM luta pelo aperfeiçoamento da gestão pública municipal e para a valorização profissional dos procuradores. Por isso, associar-se a ANPM é fundamental para todo procurador municipal.

Quero ser um associado