sex, 07 de fevereiro de 2020

A Associação Nacional dos Procuradores Municipais repudia veementemente a comparação feita pelo ministro da Economia, Paulo Guedes,  entre servidores públicos e parasitas. A entidade representa cerca de 20 mil procuradores municipais, advogados públicos, que trabalham com afinco pela defesa dos municípios em todo o Brasil. A infeliz declaração ofende não só o ofício dos procuradores como o de 12 milhões de pessoas que servem ao Estado Brasileiro.

A declaração mostra que o ministro desconhece o valoroso e qualificado trabalho de defesa jurídica realizado pelos procuradores municipais, que revertem ao patrimônio público vultosas quantias e previnem gastos e desperdícios de recursos públicos. A advocacia pública independente é garantia fundamental de aplicação da Constituição e das leis para todos, inclusive governantes.

Apesar de ter se retratado via nota pública, o ministro demonstrou profundo desrespeito pelos servidores e reforçou o posicionamento que temos assistido nas últimas ações do governo de desmonte do serviço público e enfraquecimento do Estado. Por meio desta nota a ANPM reivindica respeito àqueles que servem à sociedade brasileira.

Cristiano Reis Giuliani

Presidente da ANPM

Compartilhe:

• Categorias

Vantagens de ser associado

A ANPM luta pelo aperfeiçoamento da gestão pública municipal e para a valorização profissional dos procuradores. Por isso, associar-se a ANPM é fundamental para todo procurador municipal.

Quero ser um associado