sex, 06 de setembro de 2019

Foi publicada ontem (05), a Lei Municipal n. 4025/2019, que institui a Lei Orgânica da Procuradoria-Geral do Município de Ilhéus/BA. De iniciativa do Poder Executivo, a lei dispõe sobre a organização da PGM, além de estruturar a carreira dos procuradores municipais da cidade. A conquista é um marco não só para a advocacia pública local, mas também para a história de Ilhéus, que, hoje, é um dos poucos municípios do estado da Bahia a possuir um quadro efetivo de procuradores. 

O primeiro e único concurso público para o cargo de procurador de Ilhéus ocorreu em 2016, havendo a posse dos aprovados no mesmo ano. Paulo Victor Souza Sena, procurador do município e membro da ANPM, comemora: “Com a aprovação dessa Lei, a profissão deixa de ser apenas um cargo na estrutura administrativa municipal, para ser efetivamente uma carreira, o que garante maior estabilidade institucional e autonomia técnica, com ganhos diretos para o interesse público”.

A ANPM destaca a atuação do prefeito Mário Alexandre  que encaminhou e sancionou o projeto, reconhecendo a importância para o fortalecimento e independência da procuradoria municipal.

Veja aqui o texto completo da Lei.

Compartilhe:

• Categorias

Vantagens de ser associado

A ANPM luta pelo aperfeiçoamento da gestão pública municipal e para a valorização profissional dos procuradores. Por isso, associar-se a ANPM é fundamental para todo procurador municipal.

Quero ser um associado